Ações

FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DO DISTRITO FEDERAL – FAPE-DF

PROPOSTA DE PLANO DE TRABALHO DA FAPE-DF PARA 2016

NOVEMBRO/2015

I – INTRODUÇÃO
Atendendo à disposição estatutária exposta no Artigo 17, Inciso VIII do Estatuto da FAPE – DF, apresenta-se, no presente documento, a proposta do Plano de Trabalho desta Federação para o exercício de 2016.
O Plano ora proposto está em consonância com a Missão e à Visão estratégicas desta Instituição e com a busca do desenvolvimento sustentável do Setor Agropecuário do DF, contendo propostas apresentadas em 2015 aos então, candidatos ao Governo desta Unidade Federada.
Algumas ações propostas neste Plano de Trabalho da FAPE–DF para 2016, constavam do Plano de Trabalho de 2015. Outras, também, contidas daquele Plano, e que estão em execução, foram mantidas como propostas para o Plano de 2016.

II – AÇÕES E ATIVIDADES
Os objetivos do Plano de Trabalho da FAPE-DF são consubstanciados em Ações e respectivas Atividades a serem cumpridas, fundamentalmente, por esta Federação, contanto, muitas vezes, com a colaboração dos sindicatos filiados e do SENAR-DF, que formam o Sistema FAPE-DF.
Parte das Ações propostas tem caráter ESTRUTURANTE, ou seja, o seu objetivo fundamental é de proporcionar melhores condições da Organização para o cumprimento da sua Missão.
Outras têm caráter FINALÍSTICO, já que são voltadas, diretamente, à prestação de serviços e à luta pelos interesses dos produtores, sobretudo, dos associados dos sindicatos filiados e da comunidade rural, como um todo, mediante a busca de resultados positivos das suas atividades produtivas e da sua melhor qualidade de vida. As ações estruturantes foram concebidas, levando-se em conta os principais pontos fracos e fortes da Federação, e as ações finalísticas levaram em conta as oportunidades e ameaças mais relevantes da Instituição.
As atividades que compõem as ações desta proposta de Plano de Trabalho para 2016, se constituem em algumas etapas ou passos importantes para a realização dessas ações.
AÇÃO 1 – CONTINUIDADE DA EXECUÇÃO DO PLANO DE COMUNICAÇÃO, MARKETING E IDENTIDADE VISUAL DA FAPE-DF INICIADO EM 2015.
Atividade 1.1- Divulgar para o público interno da FAPE-DF, dos sindicatos filiados e do SENAR-DF as ações executadas do plano de comunicação, marketing e identidade visual da FAPE-DF, concebido em 2015;
Atividade 1.2- Implantar o site do Sistema FAPE-DF criado em 2015 e utilizar as peças e materiais informativos sobre a atuação da FAPE-DF;
Atividade 1.3- Identificar e relacionar as principais instituições públicas e privadas no Distrito Federal que fazem parte do ambiente institucional de relacionamento da FAPE-DF, de modo a facilitar o direcionamento das atividades de Comunicação e Marketing às mesmas;
Atividade 1.4- Implantar a nova identidade visual da FAPE-DF;
Atividade.1.5-Criar uma estrutura na FAPE-DF, responsável pelo gerenciamento da Área de Comunicação, Marketing e Identidade Visual.

AÇÃO 2 – ARTICULAÇÃO POLÍTICO INSTITUCIONAL
Atividade 2.1- Mapear os integrantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário a serem priorizados na articulação, visando à defesa e apoio aos diversos interesses dos produtores rurais do DF;
Atividade 2.2- Fazer gestões junto ao GDF e à Câmara Legislativa do DF, para criação de uma “Comissão de Agricultura e Pecuária” nessa Casa Legislativa, para a promoção e defesa dos interesses do Setor.

AÇÃO 3 – APOIO TÉCNICO – GERENCIAL AOS SINDICATOS
Atividade 3.1- Intermediação junto ao SEBRAE-DF na escolha e alocação dos consultores e assistentes administrativos, a serem alocados aos sindicatos em apoio às suas atividades;
Atividade 3.2- Acompanhamento da atuação dos consultores e assistentes junto aos sindicatos;
AÇÃO 4 – INCREMENTO DE 10% DA ARRECADAÇÃO PELOS SERVIÇOS PRESTADOS AOS ASSOCIADOS DOS SINDICATO, EM RELAÇÃO AO ALCANÇADO NO ANO DE 2015.
Atividade 4.1- Avaliar os serviços atualmente prestados e as condições disponíveis para sua realização;
Atividade 4.2- Ampliar e capacitar a estrutura administrativa da FAPE-DF responsável pelas atividades de prestação de serviços e aprimorar sua gestão.

AÇÃO 5 – CONTINUIDADE DA PARTICIPAÇÃO NO PROCESSO DE CRIAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DO CADATRO GERAL DOS PRODUTORES RURAIS DO DF – CPR/DF.
Atividade 5.1- Avaliar o trabalho realizado em 2015 e projetar o que ainda precisa ser feito em apoio à implementação do Cadastro;
Atividade 5.2- Buscar de forma compartilhada, os meios e recursos necessários para a conclusão do processo de cadastramento dos produtores no CPR/DF.

AÇÃO 6 – CONTRIBUIR PARA REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA RURAL DO DF
Atividade 6.1- Participar da organização e funcionamento do Fórum Permanente para Monitoramento da Regularização Fundiária e Assuntos Correlatos, criado em 2015;
Atividade 6.2- Manter sistematicamente informados os sindicatos filiados, a respeito do processo em curso da regularização fundiária.
AÇÃO 7 – REESTRUTURAÇÃO ORGANIZACIONAL DA FAPE-DF
Atividade 7.1- Estudar a viabilidade da implantação do novo Plano de Cargos e Salários da FAPE-DF, elaborado por empresa especializada em 2015, após aprovação da Diretoria e do Conselho de Representantes;
Atividade 7.2- Realizar estudo para implantação de um processo de avaliação de desempenho e premiação dos empregados.

AÇÃO 8 – MELHORIA DA INFRAESTRUTURA E EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA E COMUNICAÇÃO
Atividade 8.1- Realizar estudo para indicar as necessidades dessa área, visando à futura aquisição;
Atividade 8.2- Captar e arrecadar recursos para a concretização dessa Ação.

AÇÃO 9 – CONTINUIDADE DO APOIO Á INSTITUIÇÃO DO SINDICATO DOS PISCICULTORES DO DF
Atividade 9.1- Dar continuidade à Articulação com a Associação dos piscicultores do DF em apoio ao processo de criação do seu Sindicato a ser filiado à FAPE-DF;
Atividade 9.2- Apoiar o funcionamento do sindicato;
AÇÃO 10 – PROJETO DE INCLUSÃO PRODUTIVA
Atividade 10.1- Captar recursos para a elaboração de uma proposta do projeto em questão;
Atividade 10.2- Continuar a “venda de idéia” do projeto junto à SEAGRI/DF e à sua principal agência relacionada ao tema (EMATER-DF) e outras possíveis parceiros.

AÇÃO 11 – REPRESENTAÇÃO DA FAPE-DF NAS COMUNIDADES
Atividade 11.1- Definir critérios para escolha de representantes e as respectivas comunidades;
Atividade 11.2- Selecionar e designar os representantes, preferencialmente, associados dos sindicatos filiados e dirigentes ou associados de entidades de produtores rurais;
Atividade 11.3- Discutir com os representantes, suas atribuições básicas perante à FAPE-DF e à comunidade.

AÇÃO 12 – APOIO AO PROJETO DE REVITALIZAÇÃO DO PARQUE DE EXPOSIÇÕES DA GRANJA DO TORTO
Atividade 12.1- Dar continuidade à participação da FAPE-DF no grupo de trabalho criado pelo GDF, com o proposito acima;

AÇÃO 13 – PREMIAÇÃO ANUAL DE PRODUTORES RURAIS DO DF
Atividade 13.1- Propor a instituição dessa premiação, mediante a elaboração de um documento preliminar a ser apresentado aos sindicatos e outras entidades representativas dos produtores rurais;
Atividade 13.2- Criar um grupo de trabalho, com participação dos sindicatos e entidades parceiras, para elaborar um documento contendo propostas de categorias dos prêmios e respectivos critérios de premiação, assim como data de outorga dos mesmos.
Atividade 13.3- Buscar patrocinadores públicos e privados para essa premiação.

AÇÃO 14 – REPRESENTAÇÃO DA FAPE-DF EM COLEGIADOS E ASSEMELHADOS DO DF
Atividade 14.1- Atualizar a lista de colegiados e grupos gestores em que a FAPE-DF participa como representante formal e realizar uma avaliação dessa participação, de modo a subsidiar as futuras indicações para o ano 2016;
Atividade 14.2- Divulgar para o Conselho de Representantes, os sindicatos e a Diretoria, as principais notícias da participação da FAPE-DF e de informações importantes sobre a atuação desses colegiados.
AÇÃO 15- APOIO À INSCRIÇÃO DE PRODUTORES NO CADASTRO AMBIENTAL RURAL – CAR
Atividade 15.1- Dar continuidade a esse apoio prestado pelo SENAR-DF até o final do prazo para cadastramento.

AÇÃO 16 – APOIO E PARTICIPAÇÃO NA AGROBRASÍLIA E EM OUTROS EVENTOS
Atividade 16.1- Oferecer aos responsáveis pela Agrobrasília/2016 e demais eventos apoio institucional;
Atividade 16.2- Levantar as necessidades físicas e financeiras visando à participação da FAPE-DF na Agrobrasília/2016 e em demais eventos, em parceria com o SEBRAE/DF e SENAR/DF;
Atividade 16.3- Planejar e instalar o estande da FAPE-DF e SENAR/DF com espaços para sindicatos filiados;
Atividade 16.4- Planejar a realização de eventos de capacitação e divulgação da FAPE-DF e do SENAR/DF e dos sindicatos filiados.
AÇÃO 17 – PROJETO “ESTAÇÃO DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL”
Atividade 17.1- Avaliar o projeto executado em 2015;
Atividade 17.2- Reprogramar as atividades desse projeto para 2016.
III – CRONOGRAMAS DE AÇÕES (EM ANEXO)
IV- MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO
Este Plano será monitorado ao longo do ano pela Superintendência da FAPE-DF e ao final de cada trimestre sofrerá avaliação parcial, de modo a se fazer os ajustes que se fizerem necessários ao Plano e ao seu Cronograma de Ações, com a devida comunicação à Diretoria. As avaliações trimestrais serão conduzidas pela Diretoria.
Ao final do exercício, se fará a avaliação da execução anual do Plano, medindo os seus resultados, que serão registrados em relatório.

ANEXO – CRONOGRAMA TRIMESTRAL DAS AÇÕES PARA 2016
DISCRIMINAÇÃO DAS AÇÕES 1° TRIM. 2° TRIM. 3° TRIM. 4° TRIM.
AÇÃO 1 – CONTINUIDADE DA EXECUÇÃO DO PLANO DE COMUNICAÇÃO, MARKETING E IDENTIDADE VISUAL DA FAPE-DF INICIADO EM 2015.
Atividade 1.1- Divulgar para o público interno da FAPE-DF, dos sindicatos filiados e do SENAR-DF as ações executadas do plano de comunicação, marketing e identidade visual da FAPE-DF, concebido em 2015;
Atividade 1.2- Implantar o site do Sistema FAPE-DF criado em 2015 e utilizar as peças e materiais informativos sobre a atuação da FAPE-DF;
Atividade 1.3- Identificar e relacionar as principais instituições públicas e privadas no Distrito Federal que fazem parte do ambiente institucional de relacionamento da FAPE-DF, de modo a facilitar o direcionamento das atividades de Comunicação e Marketing às mesmas;
Atividade 1.4- Implantar a nova identidade visual da FAPE-DF;
Atividade 1.5- Criar uma estrutura na FAPE-DF,responsável pelo gerenciamento da Área de Comunicação, Marketing e Identidade Visual.

AÇÃO 2 – ARTICULAÇÃO POLÍTICO INSTITUCIONAL
Atividade 2.1- Mapear os integrantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário a serem priorizados na articulação, visando à defesa e apoio aos diversos interesses dos produtores rurais do DF;
Atividade 2.2- Fazer gestões junto ao GDF e à Câmara Legislativa do DF, para criação de uma “Comissão de Agricultura e Pecuária” nessa Casa Legislativa, para a promoção e defesa dos interesses do Setor.

AÇÃO 3 – APOIO TÉCNICO – GERENCIAL AOS SINDICATOS
Atividade 3.1- Intermediação junto ao SEBRAE-DF na escolha e alocação dos consultores e assistentes administrativos, a serem alocados aos sindicatos em apoio às suas atividades;
Atividade 3.2- Acompanhamento da atuação dos consultores e assistentes junto aos sindicatos.

AÇÃO 4 – INCREMENTO DE 10% DA ARRECADAÇÃO PELOS SERVIÇOS PRESTADOS AOS ASSOCIADOS DOS SINDICATO, EM RELAÇÃO AO ALCANÇADO NO ANO DE 2015.
Atividade 4.1- Avaliar os serviços atualmente prestados e as condições disponíveis para sua realização e eventual expansão;
Atividade 4.2- Ampliar e capacitar a estrutura administrativa da FAPE-DF responsável pelas atividades de prestação de serviços e aprimorar sua gestão.

AÇÃO 5 – CONTINUIDADE DA PARTICIPAÇÃO NO PROCESSO DE CRIAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DO CADATRO GERAL DOS PRODUTORES RURAIS DO DF – CPR/DF.
Atividade 5.1- Avaliar o trabalho realizado em 2015 e projetar o que ainda precisa ser feito em apoio à implementação do Cadastro;
Atividade 5.2- Buscar de forma compartilhada, os meios e recursos necessários para a conclusão do processo de cadastramento dos produtores no CPR/DF.

AÇÃO 6 – CONTRIBUIR PARA REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA RURAL DO DF
Atividade 6.1- Participar da organização e funcionamento do Fórum Permanente para Monitoramento da Regularização Fundiária e Assuntos Correlatos, criado em 2015;
Atividade 6.2- Manter sistematicamente informados os sindicatos filiados, a respeito do processo em curso da regularização fundiária.

AÇÃO 7 – REESTRUTURAÇÃO ORGANIZACIONAL DA FAPE-DF
Atividade 7.1- Estudar a viabilidade da implantação do novo Plano de Cargos e Salários da FAPE-DF, elaborado por empresa especializada em 2015, após aprovação da Diretoria e do Conselho de Representantes;
Atividade 7.2- Realizar estudo para implantação de um processo de avaliação de desempenho e premiação dos empregados.

AÇÃO 8 – MELHORIA DA INFRAESTRUTURA E EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA E COMUNICAÇÃO
Atividade 8.1- Realizar estudo para indicar as necessidades dessa área, visando à futura aquisição;
Atividade 8.2- Captar e arrecadar recursos para a concretização dessa Ação.

AÇÃO 9 – CONTINUIDADE DO APOIO Á INSTITUIÇÃO DO SINDICATO DOS PSICULTORES DO DF
Atividade 9.1- Dar continuidade à Articulação com a Associação dos piscicultores do DF em apoio ao processo de criação do seu Sindicato a ser filiado à FAPE-DF;
Atividade 9.2- Apoiar o funcionamento do sindicato;

AÇÃO 10 – PROJETO DE INCLUSÃO PRODUTIVA
Atividade 10.1- Resgatar recursos para a elaboração de uma proposta do projeto em questão;
Atividade 10.2- Continuar a “venda de idéia” do projeto junto à SEAGRI/DF e à sua principal agência relacionada ao tema (EMATER-DF) e outras possíveis parceiros.

AÇÃO 11 – REPRESENTAÇÃO DA FAPE-DF NAS COMUNIDADES
Atividade 11.1- Definir critérios para escolha de representantes e as respectivas comunidades;
Atividade 11.2- Selecionar e designar os representantes, preferencialmente, associados dos sindicatos filiados e dirigentes ou associados de entidades de produtores rurais;

Atividade 11.3- Discutir com os representantes, suas atribuições básicas perante à FAPE-DF e à comunidade.

AÇÃO 12 – APOIO AO PROJETO DE REVITALIZAÇÃO DO PARQUE DE EXPOSIÇÕES DA GRANJA DO TORTO
Atividade 12.1- Dar continuidade à participação da FAPE-DF no grupo de trabalho criado pelo GDF, com o proposito acima;

AÇÃO 13 – PREMIAÇÃO ANUAL DE PRODUTORES RURAIS DO DF
Atividade 13.1- Propor a instituição dessa premiação, mediante a elaboração de um documento preliminar a ser apresentado aos sindicatos e outras entidades representativas dos produtores rurais;
Atividade 13.2- Criar um grupo de trabalho, com participação dos sindicatos e entidades parceiras, para elaborar um documento contendo propostas de categorias dos prêmios e respectivos critérios de premiação, assim como data de outorga dos mesmos.
Atividade 13.3- Buscar patrocinadores públicos e privados para essa premiação.

AÇÃO 14 – REPRESENTAÇÃO DA FAPE-DF EM COLEGIADOS E ASSEMELHADOS DO DF
Atividade 14.1- Atualizar a lista de colegiados e grupos gestores em que a FAPE-DF participa como representante formal e realizar uma avaliação dessa participação, de modo a subsidiar as futuras indicações para o ano 2016;
Atividade 14.2- Divulgar para o Conselho de Representantes, os sindicatos e a Diretoria, as principais notícias da participação da FAPE-DF e de informações importantes sobre a atuação desses colegiados.

AÇÃO 15 – APOIO À INSCRIÇÃO DE PRODUTORES NO CADASTRO AMBIENTAL RURAL – CAR

Atividade 15.1- Dar continuidade a esse apoio prestado pelo SENAR-DF até o final do prazo para cadastramento.

AÇÃO 16 – APOIO E PARTICIPAÇÃO NA AGROBRASÍLIA
Atividade 16.1- Oferecer aos responsáveis pela Agrobrasília apoio institucional à Feira de 2016;
Atividade 16.2- Levantar as necessidades físicas e financeiras visando à participação da FAPE-DF na Agrobrasília/2016, em parceria com o SEBRAE/DF e SENAR/DF;
Atividade 16.3- Planejar e instalar o estande da FAPE-DF e SENAR/DF com espaços para sindicatos filiados;
Atividade 16.4- Planejar a realização de eventos de capacitação e divulgação da FAPE-DF e do SENAR/DF e dos sindicatos filiados.

AÇÃO 17 – PROJETO “ESTAÇÃO DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL”
Atividade 17.1- Avaliar o projeto executado em 2015;
Atividade 17.2- Reprogramar as atividades desse projeto para 2016