Presidente do Sistema FAPE-DF/SENAR-DF participa de debate para elaboração do Plano de Desenvolvimento Rural do Distrito Federal

Publicado em 16 de janeiro de 2021

Foi realizada nesta sexta-feira (15) no auditório da Secretaria de Agricultura do Distrito Federal (Seagri/DF) uma reunião com os principais atores institucionais do setor agropecuário local e nacional, com o objetivo de debater estratégias de união de esforços para a criação de um Plano de Desenvolvimento Rural para o Distrito Federal, que estabelecerá os eixos de desenvolvimento sustentável da agropecuária local, oferecendo condições estruturantes para que a população do campo possa ter um planejamento de suas atividades em longo prazo.

A reunião contou com a participação de autoridades da Seagri/DF, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater/DF), Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa/DF), Parque Granja do Torto (PGT), Federação da Agricultura e Pecuária do Distrito Federal (Fape/DF) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Distrito Federal (Senar/DF), Superintendência Federal de Agricultura do Distrito Federal (SFA-DF/Mapa), Secretaria de Empreendedorismo do Distrito Federal (Semp/DF), Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Universidade de Brasília (UnB) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Esteve presente também o deputado distrital Roosevelt Vilela, representante do legislativo local.

Na reunião, todas as instituições presentes puderam opinar a respeito do tema. Ao final, definiu-se o início do projeto por meio de cooperação técnica entre as áreas envolvidas, para construção do Plano de Desenvolvimento Rural do Distrito Federal.

Outros encontros serão realizados ao longo dos próximos meses para debater temas como abastecimento de água, conservação do solo, tratamento de resíduos e oferta de mão-de-obra qualificada, aumento da produtividade e a logística de transporte dos produtos agropecuários.

*Com informações da Ascom da Seagri-DF e da Emater-DF