Simpósio de Aquicultura é realizado na Graja do Ipê

Publicado em 28 de abril de 2022

 

Teve início na manhã desta quarta-feira (27), o II Simpósio Distrital de Aquicultura. A ação, que está acontecendo na Granja do Ipê, é realizada pela Seagri-DF, em parceria com a Emater-DF, a Ceasa, o Sebrae-DF e o Sistema Fape/Senar-DF. O Simpósio tem o objetivo de discutir os desafios da aquicultura no Distrito Federal.

*Segundo a superintendente do Sistema Fape/Senar-DF, Kelly Cristina Costa, a atividade da piscicultura no Distrito Federal tem muito potencial para crescer e se desenvolver. Ela ressaltou ainda, que o mercado consumidor no DF é muito forte, com o consumo per capita elevado para pescados. “São consumidos muitos produtos de pescados, hoje no DF, e com pouca produção. Há uma possibilidade enorme de expansão das atividades da piscicultura e o Senar-DF realizou um número recorde de atividades de capacitação em 2021, nessa área. Isso mostra o crescimento na atividade que se desenvolve de forma segura, no que tange à produção e à comercialização”, explicou.*

O evento é uma oportunidade para a troca de conhecimentos e para discutir os desafios da aquicultura no DF e Entorno, escutar os produtores, trazer informações e encaminhar melhorias ao Programa Alevinar, explicou a diretora de Políticas para Desenvolvimento Rural da Seagri-DF, Claudia Gomes.

O secretário de Agricultura, Candido Teles,  disse que esse é um projeto muito audacioso, mas que vai dar uma segurança para o produtor produzir sabendo que vai ter mercado para vender o seu produto e ser remunerado pelo seu trabalho.

O simpósio conta com palestras e promove o desenvolvimento da aquicultura no DF, através do aumento da produção e da profissionalização dos produtores, além do repovoamento das bacias hidrográficas do Cerrado, com a produção de espécies de peixes nativos.

Com informações da Ascom Seagri-DF / Foto: Ascom Seagri-DF