FAPE é palco de reunião para debater cadeia leiteira do DF

Publicado em 22 de janeiro de 2021

A Federação da Agricultura e Pecuária do Distrito Federal (FAPE-DF) realizou nesta quarta-feira (20), uma reunião para tratar das inovações em pesquisas tecnológicas que a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Cerrados) desenvolve, através do Centro de Tecnologias para Raças Zebuínas Leiteiras (CTZL), para a cadeia produtiva do leite. O objetivo é alavancar a cadeia leiteira, através de parcerias que envolvam a Embrapa, FAPE-DF e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-DF).

Durante a reunião, foi destacada a importância de se consolidar essas parcerias para abrir novas possibilidades de trabalho no setor produtivo, incluindo o pequeno e médio produtor. Foi enfatizado o desenvolvimento de novas tecnologias, principalmente, na área de inseminação e melhoramento genético, com o intuito de fazer, no DF, um projeto piloto de soluções tecnológicas da pecuária leiteira para ser aplicado futuramente no Brasil todo.

Dentre as principais questões apontadas pelo grupo para o crescimento do setor no DF, foram destacados: a criação de um ambiente de desenvolvimento tecnológico, com foco nas inovações (pesquisa e desenvolvimento) para conversão em soluções de negócios; a melhoria da genética como forma de aumentar a produção; a modernização das estruturas já existentes, buscando novos investimentos; a captação de mais produtores em potencial para testagem de tecnologias e soluções de rebanho; capacitação de estudantes e técnicos para as inovações do setor; expansão da captação de recursos com possibilidades de emendas parlamentares e a implementação de projetos para novas raças de gado leiteiro.

Além disso, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), que também esteve presente, informou que fará parcerias no sentido de fornecer aos produtores rurais consultoria especializada para a implementação das novas tecnologias.

Participaram da reunião, o presidente da FAPE-DF, Fernando Cezar Ribeiro, a superintendente do Sistema FAPE-DF/SENAR-DF, Kelly Nascimento, a coordenadora do SEBRAE-DF, Patrícia Batista, o chefe-geral da Embrapa Cerrados, Sebastião Pedro da Silva Neto, além de pesquisadores da Embrapa.

Ascom FAPE-DF