Comissão da Argentina visita FAPE-DF

Publicado em 11 de dezembro de 2020

O Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Distrito Federal (FAPE-DF), Fernando Cezar Ribeiro, e a superintendente do Sistema FAPE-DF/SENAR-DF, Kelly Cristina Costa, receberam nesta quarta-feira (10), uma comitiva de empresários e representantes do governo argentino para tratar de assuntos relacionados à biotecnologia, novas tecnologias para o setor agropecuário brasileiro e sobre o futuro do mercado do agronegócio.

O presidente da FAPE falou da importância da boa relação entre os dois países e que a Argentina é um importante aliado no agronegócio. Ele destacou que o DF tem importante relevância para o setor, não em quantidade, por ter uma área pequena, mais em produtividade e qualidade dos produtos oferecidos. “Temos grande interesse em fechar parcerias com a comissão da Argentina através, principalmente, da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), que fará todo o aporte e consolidação de informações tecnológicas para a implantação das novidades”, destacou.

A superintendente do Sistema FAPE-DF/SENAR-DF falou sobre o trabalho que o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) desenvolve junto ao produtor rural em todo o Brasil e de sua relevante importância para transformar produtores primários em grandes empresários. Ela ressaltou ainda que toda a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) é gratuita.

Durante a reunião, foi tratado sobre a criação de uma comissão da triticultura na Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O presidente da FAPE se prontificou a levar o assunto ao presidente da CNA, João Martins.

Rodrigo Bardoneschi, ministro-chefe da Seção Econômica e Comercial da embaixada da Argentina destacou a boa relação do país vizinho com produtores brasileiros e ressaltou que confia nas relações estabelecidas no Mercosul, no que tange ao setor agropecuário. Segundo ele, Brasil e Argentina podem ser mais agressivos na implementação de novas tecnologias para o alcance de maiores produtividades. “Pretendemos estreitar as relações entre os dois países para alavancar o mercado agrícola”, afirmou.

Ao fim da reunião ficou acertada uma parceria entre a comissão da Argentina e o Sistema FAPE-DF/SENAR-DF para a implementação de novas tecnologias para o setor produtivo, com ênfase na biotecnologia de transgênicos e com o envolvimento de instituições como a CNA, a (Embrapa), entre outras.

Ascom Sistema FAPE-DF/SENAR-DF